Como ter organização financeira para comprar um imóvel?

10, May, 2021

A compra do imóvel envolve muitos fatores e um deles é a organização financeira. Com ela, é possível se planejar e economizar para realizar o sonho da casa própria.

Mas, assim como a compra do imóvel em si não é algo fácil, se organizar para esse objetivo também não é.


Neste texto, trouxemos 4 dicas de como administrar as suas finanças para investir em um apartamento. Confira o que preparamos a seguir:


1) Avalie todos os custos


O primeiro passo para ter uma organização financeira é estudar tudo que envolve a compra do apartamento. Além de saber seus gastos de rotina, como as contas da casa, por exemplo, é preciso ir mais fundo. O investimento em imóveis demanda outros custos que você precisa por na ponta do lápis.


Fazer uma avaliação de tudo é uma forma de saber onde você deve ter mais cautela. Ao conhecer os gastos, dá para reduzir aqueles que não são necessários e dar mais prioridade a outros.


Além disso, você também terá uma noção mais ampla se a sua renda permite a compra do imóvel. Em alguns casos, pode ser necessário aumentar a receita mensal ou fazer algumas economias, mas só é possível saber essas questões ao avaliar os custos.


2) Estude as possibilidades com a organização financeira


No processo de compra de um apartamento você vai se deparar com muitos dados financeiros, sobretudo em relação ao pagamento. É muito importante estudar todas as possibilidades para conseguir se planejar.


O que compensa mais: comprar o apartamento ainda na planta ou com a obra finalizada? Um imóvel novo ou usado? Financiar ou pagar à vista? Tudo isso deve ser considerado e estudado com atenção para encontrar a melhor opção para você.


Faça um levantamento de todas as possibilidades, de como está o mercado imobiliário e o lado financeiro.


Inclusive, você sabia que a Selic está em queda há algum tempo e representa um momento excelente para a compra de imóveis? Esse é um passo fundamental para a organização financeira, afinal te prepara para os diversos processos que envolvem a aquisição.


Leia mais: Investir em imóveis: esse é o momento?


3) Defina metas


Uma das tarefas de quem deseja comprar um apartamento é poupar dinheiro e sabemos que isso não é tão fácil. Assim, uma prática que pode ajudar a ter uma reserva para o tão sonhado lar é definir metas.


Você deve pensar nessas metas de curto a longo prazo, de modo a conseguir alcançar seu principal objetivo.


Como já terá noção de quanto irá pagar pelo apartamento, faça a organização financeira em relação ao valor que precisa atingir e outros gastos que entram na conta. A entrada, por exemplo, é um dos primeiros valores que você terá que dispor, por isso defina metas para juntar essa quantia.


Quando conseguimos visualizar o que deve ser feito, é mais fácil mudar os hábitos para realizar aquele objetivo.


4) Organização financeira: não esqueça do planejamento


Às vezes, temos a sensação de que o dinheiro não rende até o fim do mês, não é verdade? Esse é um reflexo, em muitos casos, da falta de planejamento, um dos fatores principais da organização financeira.


Sem planejamento podemos gastar de maneira descontrolada, o que compromete muito o orçamento. Por isso, é importante dar atenção ao que você tem de despesas e quais são os seus ganhos.


Sabemos que, normalmente, a balança pesa mais para as despesas, quando deve ser o contrário, pois você nunca pode ter gastos maiores do que os ganhos. A melhor forma de colocar a balança em equilíbrio é por tudo na ponta do lápis.


Faça uma planilha, liste todos os seus gastos e ganhos mensais. Estude esses números e passe a planejar formas das finanças melhorarem para chegar ao seu principal objetivo.


A organização financeira torna possível o sonho da casa própria. E se você precisa de mais dicas para comprar seu apartamento, no blog da Lorenzini há diversos conteúdos que podem ajudar, clique aqui para acessá-lo.