Investir em imóveis: esse é o momento?

Investir em imóveis: esse é o momento?

20, Oct, 2020

Não é de agora que o mercado imobiliário tem dado sinais de crescimento. Em 2019, houve um aumento de 9,7% de alta, mostrando que é o momento ideal para investir em imóveis.

São muitas as razões que comprovam a positividade de comprar o seu apartamento agora. Juros cada vez mais baixos, facilidade para financiar e uma boa oferta de crédito são apenas algumas delas.

Nós da Construtora Lorenzini, listamos 4 motivos que explicam por que o investimento é viável atualmente. Confira a seguir.


1) Excelente oportunidade de renda

Investir em imóveis como uma forma de renda fixa é algo bastante tradicional aos brasileiros.

Mesmo que você já tenha a casa própria, pode ser uma boa construir patrimônio e ter uma renda garantida com imóveis.

Em abril deste ano, as vendas tiveram uma baixa de 28% em São Paulo em decorrência da pandemia.

No entanto, há muitas facilidades para a compra, inclusive por parte das construtoras. Há projetos já concluídos com valores mais baixos do apresentando quando as obras terminaram.

Desta forma, é um momento bastante favorável para a compra, visto que as construtoras também precisam de capital.


2) Cenário econômico estável

Mesmo a economia brasileira andando em passos lentos desde 2014, o momento está favorável para alguns setores. É algo um pouco contraditório, mas a construção cível apresenta um ambiente positivo para investir em imóveis.

O mercado apresenta preços e todo um cenário de estabilidade. Em alguns projetos, os valores ainda não estão tão acessíveis, mas estão caindo aos poucos.

A baixa nos preços é um indicativo de que o investimento será algo positivo. Isso porque o valor mais baixo pode ser lucrativo a médio ou longo prazo, sobretudo na revenda.


3) Selic registra um patamar histórico

Um dos fatores que comprova o quanto investir em imóveis agora será vantajoso é a taxa Selic.

É responsável pelos juros aplicados em diversos tipos de investimentos financeiros. Seja para a compra de um carro ou negociar a dívida do cartão de crédito, tudo depende da Selic.

O mesmo vale para o setor imobiliário, onde a taxa básica de juros também será aplicada.

No início de agosto, a taxa passou de 2,25% para 2% ao ano, um patamar jamais registrado anteriormente.

Desta forma, os financiamentos terão parcelas com juros reduzidos e mais acessíveis, permitindo a compra do tão sonhado imóvel.

Leia também: Taxa Selic: Como isso influencia na compra de imóveis?


4) Está mais fácil investir em imóveis

Tanto pelo momento caótico trazido pela pandemia, como pela própria estabilidade do setor, ficou mais fácil comprar um apartamento.

As construtoras já sentiram que é o momento de apresentar benefícios na hora de fechar o negócio, muito além do preço.

Sendo assim, condições de pagamento mais atrativas, prazos razoáveis e parcelas com preço interessantes estão sendo ofertadas.

A negociação direto com a construtora pode ser bastante vantajosa para a compra. É possível, por exemplo, conseguir juros mais acessíveis do que os oferecidos nas financeiras.

Esses 4 fatores demonstram que agora é o momento ideal para investir em imóveis. Tanto para realizar o sonho da casa própria, como para garantir uma renda a longo prazo.

Para não perder essa oportunidade, a Lorenzini tem diversos projetos que podem ser do seu interesse. Saiba mais acessando ao nosso site, é só clicar aqui.