Como sacar FGTS para compra de imóvel?

Como sacar FGTS para compra de imóvel?

12, Nov, 2019

Você tem o sonho de ter uma casa própria, mas não sabe por onde começar? Já pensou em sacar FGTS para compra de imóvel? O FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) é pago mensalmente pelo empregador ao colaborador e o valor, que corresponde a 8% do salário, é depositado em uma conta aberta na Caixa Econômica vinculada ao CPF dessa pessoa.

Quem trabalha sob regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), além de trabalhadores domésticos, rurais, temporários, entre outros, têm direito ao FGTS. Muitos podem sacar FGTS para compra de imóvel e usam o saldo para realizar o sonho da casa própria.

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou uma pesquisa em outubro de 2018 intitulada Análise das Necessidades Habitacionais e suas Tendências para os Próximos Dez Anos. Em uma comparação do número de saques do FGTS de 2017 para 2018 houve um aumento de 18%. Isso mostra como as pessoas têm usado esse recurso na compra de um imóvel.

Para realizar essa transação, há algumas condições impostas.


Condições para sacar FGTS para compra de imóvel


Para sacar FGTS para compra de imóvel é necessário se atentar a alguns pré-requisitos.

·        A Caixa Econômica Federal somente libera sacar FGTS para compra de imóvel para colaboradores que possuem no mínimo 3 anos de trabalho sob o regime de FGTS (na mesma empresa ou em locais diferentes), sem necessariamente ser um período contínuo;

·        A pessoa também não pode ter financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação (SFH) em qualquer lugar do país. Isso porque apenas os imóveis financiados dentro desse programa é que podem ser comprados com o FGTS, baseado em uma estimativa de valor limite pré-estabelecido;

·        Além de não poder ser proprietário de nenhum imóvel urbano no município onde deseja comprar o novo (a propriedade a ser comprada deve ser residencial e destinada à moradia do trabalhador, especificamente);

·        É preciso também morar ou trabalhar no município onde deseja comprar o imóvel. 


Quais os documentos necessários para o Saque do FGTS?


Para sacar FGTS para compra de imóvel, é necessário ter em mãos os seguintes documentos:

·        Documento de identidade (RG);

·        Extrato da conta vinculada ao FGTS;

·        Carteira de trabalho;

·        Declaração completa do imposto de renda;

·        Dentre outros específicos.

É importante que se verifique também o saldo existente na conta.

Procure a Caixa Econômica e consulte a disponibilidade para realizar o saque. A instituição informa através do seu site ou em portais todas as informações relacionadas a datas e valores para que você possa usufruir do benefício.


Como é feito o saque?


O comprador não entra em contato direto com o dinheiro. Isso porque ele solicita o saque ao agente financeiro, que pode ser um banco, consórcio ou até uma companhia de crédito imobiliário, com um documento. O pedido é passado para a Caixa Econômica e depois de liberado, processo que demora em torno de cinco dias, é depositado na conta do vendedor.  


Em que momento posso usar meu FGTS?

 

Ao sacar FGTS para compra de imóvel, esse fundo também pode ser usado para amortizar e liquidar o saldo devedor, caso tenha feito um empréstimo para adquirir a propriedade. Além disso, é possível utilizar o FGTS para pagar parte das prestações.

Vale ressaltar que não é permitido sacar FGTS para compra de imóvel para terceiros. E que a própria Caixa faz, antes de liberar o valor, uma avaliação do imóvel para observar se ele possui as condições necessárias de moradia e se não há problemas com a estrutura do local.

Esperamos que essas dicas possam te ajudar a entender mais sobre o saque do FGTS para imóvel!